PUDIM FLÃ

O pudim flã é um doce que não precisa de apresentação, porque é conhecido em todo o mundo. O ingrediente principal, os ovos, já era consumido séculos antes de Cristo. Os romanos copiaram a fórmula dos gregos. Na Idade Média, tornou-se popular durante a Quaresma, quando a carne não podia ser consumida, altura em que o «flado» apareceu (em latim, «bolo», objeto plano), feito de ovos coalhados que podiam ser tanto doces como salgados.

Tanto em França como em Espanha era apresentado como sobremesa, dando-lhe a volta e acrescentando molho de caramelo, altura em que foi renomeado «flã».

A receita que apresentamos é a tradicional com açúcar, baunilha e canela. Quando os for fazer, um truque para saber se os flãs já estão cozinhados é furá-los com um palito. Se saírem limpos, os flãs já podem ser retirados do forno. Os flãs devem ser moldados enquanto a mistura estiver morna. Assim, não coalham nem aparecem grumos.

RECEITA

Preparação para quatro pessoas:

Primeiro, prepare o caramelo desfazendo o açúcar nalgumas gotas de água numa frigideira, sem queimar.

Distribua-o por todas as formas e deixe arrefecer.

À parte, ferva o leite com o limão e a baunilha ou a canela.

Separe duas gemas de ovo e bata as restantes numa tigela.

Bata as duas gemas com o açúcar e adicione tudo ao leite enquanto mistura com uma batedeira.

Quando a mistura estiver morna, encha as formas sem chegar acima.

Por último, coloque as formas num tabuleiro no forno, em banho-maria, durante 45 minutos a 85 ºC. Deixe-os arrefecer e já tem o toque perfeito de doçura para terminar uma boa refeição.

Ingredientes para preparar o flã:

— 500 ml de leite
— 6 ovos
— 100 g de açúcar
— Casca de limão
— Baunilha ou canela a gosto
— Açúcar para fazer o caramelo

 

 

É uma sobremesa popular em todo o mundo que qualquer pessoa pode preparar porque é fácil de fazer. Um doce tradicional que agrada a miúdos e graúdos.