Vale do Madriu-Perafita-Claror

Vall del madriu-perafita-claror

Localização e contacto

O Vale do Madriu-Perafita-Claror que foi declarado Património da Humanidade pela UNESCO no 2004, na categoria paisagem cultural, está situado no sudeste do Principado de Andorra. Ocupa 10% do território do país, com uma extensão de 4247 hectares.

O Vale do Madriu-Perafita-Claror estende-se pelas divisões administrativas de Andorra-a-Velha, Escaldes-Engordany, Encamp e Sant Julià de Lòria. Um dos acessos mais populares a este vale encontra-se na estrada de Engolasters posição GPS: (42.517536, 1.571087). Este vale é a bacia fluvial secundária mais importante do país e tem 12 km de um lado ao outro, com um declive de 1.855 m. O seu ponto culminante é o Pico da Portelleta (2.905 m). A sua rede de percursos pedestres e de abrigos de alta montanha permite realizar um variado número de passeios e contemplar a fauna e a flora autóctones.

Descubra a pedra seca

Seja qual for o itinerário escolhido no Vale do Madriu-Perafita Claror, encontrará cabanas de pastores recentemente recuperadas de forma tradicional, antigas hortas delimitadas por muros, “bordas” (cabanas típicas), zonas de pastagem para os rebanhos, etc. No verão, não deixe de passar uma noite em qualquer um dos cinco abrigos existentes em todo o vale. O caminho empedrado do vale do Madriu-Perafita-Claror, que corresponde a um troço da GR7 e da GR11, constitui um dos pontos mais altos e caraterísticos desta paisagem cultural.

A rota de Coronallacs

Este vale dá-lhe também a possibilidade de fazer um dos seus percursos mais atraentes, a Rota de Coronallacs: uma rota de pedestrianismo com 90 km de comprimento, que liga os 4 refúgios vigiados de Andorra. Este percurso demora aprox. 5 dias e começa na freguesia de Escaldes.

E se ainda tiver vontade para mais...

No Vale de Madriu-Perafita-Claror também poderá praticar as suas atividades desportivas preferidas: Percursos a cavalo, escalada, caça, pesca, e na temporada de inverno raquetes, esqui de montanha, etc.

Mais informação

Para chegar ao vale tem de apanhar a CG2, e quando chegar à primeira rotunda, virar para a Estrada de Engolasters, a CS200.

Além disso, de maio a outubro realizam-se excursões com guia mediante marcação prévia. Para a sua segurança, recomenda-se fazer todos os percursos acima de 1700 m a partir do fim de junho e até ao fim de setembro.

Acesso sujeito a pagamento para veículos motorizados aos setores Camp de Claror, Camp Ramonet, Port Negre e Coll de Finestres (Sant Julià de Lòria).
De forma a garantir a conservação do património natural, o acesso motorizado e/ou com veículos de rodas nos sectores de Camp de Claror, Camp Ramonet, Port Negre e Coll de Finestres, supõe o pagamento de uma taxa, no período compreendido entre 14 de maio e 3 de dezembro.
Tarifa para visitantes: 25 € por condutor/veículo por dia
É possível adquirir o bilhete de acesso tanto no posto de turismo de Sant Julià de Lòria, como na cabana de acesso, localizada no estacionamento na Cota 2000 da Naturland. O controlo de circulação é feito na zona do desfiladeiro de Pimes.

FECHAR
Ler mais

Fotos

DESCARREGUE O TURISMO ATIVO

DESCARREGUE O TURISMO ATIVO

Descubra uma grande quantidade de rotas ao ar livre, com mapas offline e um detalhado seguimento GPS. Planeie já as suas atividades de montanha!
DESCARREGUE O TURISMO ATIVO

O mais popular desta temática