Orri de La Coma del Forat

Localização e contacto

Este antigo curral, que foi reconstruído a meados do século XX, é uma pequena obra de planta circular (ou ovalada), parcialmente coberta com lajes de pedra que formam uma espécie de telhado cónico. A área descoberta encontra-se delimitada por muros, que permitiam aos pastores encerrar o rebanho para ordenhar as ovelhas. Situa-se em Arcalís, num círculo de origem glaciar a 2396 m de altitude, uma região indómita de alta montanha. O conjunto, formado pelas tradicionais cabanas, currais e recintos, construídos com pedra seca, é uma importante amostra da vida rural de outros tempos, centrada nas pastagens, no gado e no meio natural.

Por outro lado, as zonas húmidas da Coma del Forat revestem-se de importância devido à sua biodiversidade, com abundância de flora e fauna como, por exemplo, rãs-comuns e tritões.

O acesso a esta zona faz-se de automóvel até à área de serviços da Coma, na estância de Ordino Arcalís (seguindo a estrada CS-380 até ao fim). O passeio até ao curral de Coma del Forat permite apreciar a beleza da zona, e tanto pode ser feito pelo caminho de terra que ascende até ao porto de Rat, de onde se vê a entrada do túnel, como a corta-mato através do campo.

No verão, o acesso por estrada a Coma del Forat está fechado ao trânsito durante o dia. Só podem circular nela os ciclistas em direção ao cimo do porto de Arcalís. À parte de ir de bicicleta ou a pé, a única outra alternativa para aceder a Coma del Forat é por teleférico.

Pedra seca

As construções de pedra seca são um exemplo do aproveitamento dos recursos naturais que os habitantes desta região tinham ao seu dispor: nomeadamente, a pedra e a madeira. Estas construções impregnaram muitas zonas naturais de Andorra, mas também de outras regiões dos Pirenéus, com uma personalidade característica, seja nas cotas mais baixas dos vales, seja nas mais altas, como é o caso do curral de Coma del Forat.

Para saber mais sobre este método construtivo ancestral, em Encamp pode fazer o percurso dos Currais: três itinerários diferentes que passam por oito currais e pelas respetivas instalações anexas.

A construção de pedra seca também dispõe de um equipamento cultural de primeira linha: o espaço de divulgação Cal Pal, situado na vila de Cortinada (Ordino). Trata-se de um equipamento dedicado à reflexão e ao debate sobre a identidade, as origens e o património natural e cultural de Andorra, e, nesse sentido, leva a cabo um trabalho notável e ingente. Além de oferecer cursos e visitas guiadas, Cal Pal editou um livro sobre a pedra seca. Encontrará mais informações sobre as atividades e o projeto Pedra Seca neste link.

Seja qual for a época do ano em que fizer qualquer dos itinerários propostos, deverá contar sempre com o equipamento adequado. Os itinerários acima da cota de 1700 m podem ser feitos a partir de meados de junho até finais de setembro.

Fechar
Ler mais

 

DESCARREGUE O TURISMO ATIVO

DESCARREGUE O TURISMO ATIVO

Descubra uma grande quantidade de rotas ao ar livre, com mapas offline e um detalhado seguimento GPS. Planeie já as suas atividades de montanha!
DESCARREGUE O TURISMO ATIVO