Caminhadas com crianças em Andorra

Iniciar as crianças nas caminhadas é uma ideia muito boa, pois nada lhes trará tantos benefícios quanto o envolvimento com a natureza. Não se limitarão a respirar ar puro e fresco, mas também praticarão desporto. Em Andorra, facilitamos a sua vida, uma vez que dispomos de mil opções para que pequenos e graúdos desfrutem de um dia inteiro na natureza.

E caminhar não tem de ser aborrecido! Aqui, conta com muitos percursos adaptados para que os mais pequenos desenvolvam as suas capacidades e interesses enquanto se divertem. Seja à procura de um tamarro, seja a adquirir conhecimentos sobre cogumelos, rastos ou espécies autóctones ou, porque não, a deixar a imaginação correr livremente com uma ou outra lenda sobre bruxas! Estes caminhos são perfeitos para todas as idades.

A seguir, apresentamos-lhe um vislumbre de alguns dos itinerários mais fáceis, divertidos e agradáveis, que concebemos para si. Embora deva saber que tem muitos mais ao seu alcance. Continue a ler e descubra as melhores propostas infantis, tanto para principiantes como para crianças mais experientes.

Macarulla, pequenos trilhos mágicos

Estes percursos didáticos dividem-se em quatro caminhos localizados em diferentes freguesias do país. São trilhos que contribuem para a aprendizagem enquanto as crianças estão em contato permanente com a natureza. «A floresta dos menairons» — um mundo de fantasia onde os mais pequenos descobrirão os hábitos e costumes da vida destes místicos e pequenos seres da floresta. Este caminho fica situado em La Massana –; «Onde estão os cogumelos?» durante este itinerário de Canillo, as crianças descobrirão tudo sobre o mundo dos cogumelos e dos fungos mais comuns em Andorra; «A poção da bruxa Quela» – localizado em Escaldes-Engordany, este percurso fornecerá uma ideia das lendas e das crenças sobre as bruxas que existiram no principado no passado – e, por fim, «Rastos e pegadas» é um percurso localizado em Encamp, que ensinará as crianças a reconhecerem as pegadas e os rastos deixados por alguns dos animais que habitam as nossas florestas.

À procura dos tamarros

Os tamarros são seres minúsculos que se movem quase impercetivelmente nas nossas montanhas. Responsáveis por proteger e cuidar da natureza e das florestas de Andorra, lutam constantemente contra Brutícia, uma troll que polui a natureza e destrói tudo à sua passagem. Para poder levar a cabo a sua missão e vencer a temível Brutícia, os tamarros acedem ao nosso mundo através de uns portais mágicos, que também encontrará escondidos nas florestas do principado. Para poder ativar o mecanismo que os abre, cada participante tem de deixar junto deles uma pequena pedra redonda. Nestes percursos, as crianças divertem-se à procura dos portais mágicos enquanto percorrem as nossas florestas. Uma forma muito agradável e proveitosa de passar tempo em família. Além disso, com os tamarros, terá diversão garantida para vários dias, uma vez que existem sete portais, um por freguesia.

Momentos “Som Muntanya” (Somos Montanha)

Este percurso faz parte de “Momentos: caminhos de bem-estar” e é ideal para fazer em família. Miúdos e graúdos são convidados a esta atividade de descoberta de valores e emoções, num ambiente natural ao ar livre. Esta experiência tem lugar no vale de Rialb, em Ordino, ao lado do parque natural de Vall de Sorteny. O percurso inicia-se num ponto cêntrico do vale, de fácil acesso. Concebido como um circuito de orientação, o objetivo é encontrar os sete marcos espalhados nas proximidades, cada um batizado com o nome de um dos picos mais emblemáticos da freguesia. Situados a pouca distância uns dos outros, em cada um deles trabalha-se um valor ou uma emoção positivos, como por exemplo a empatia ou a gratidão. O itinerário “Somos Montanha” está recomendado para crianças de seis a doze anos e faz parte dos percursos oferecidos por “Momentos: caminhos de bem-estar”. É uma atividade de pagamento, que pode ser reservada apenas no Posto de Turismo de Ordino ou no posto de informação de Sorteny (aberto somente no Verão).

Sant Julià Màgica

Trata-se de um itinerário familiar de nível médio, que se desenvolve em torno de uma das lendas mais famosas de Andorra, a “Dama Branca de Auvinyà”. Segundo conta a lenda, esta dama era uma personagem com poderes mágicos que, desde o cimo do Roc de la Senyoreta, vigiava a fronteira com Espanha. Esta atividade transcorre pelo caminho com o mesmo nome, um circuito semicircular interativo, e tem uma duração aproximada de três horas. Permite descobrir esta lenda passando por dez paragens, através de vários jogos e personagens que nos vão revelando os segredos e os mistérios desta história. Este percurso, que inclui uma visita ao Roc de la Senyoreta, permite também imergir-nos na natureza de Sant Julià de Lòria. Devido às características deste itinerário, recomenda-se fazer este percurso com crianças de mais de sete anos. Complementa a atividade um caderno didático gratuito repleto de atividades e jogos, disponível no Posto de Turismo de Sant Julià de Lòria.

Bosc Viu, uma floresta cheia de vida

Conhece a tradição do «Tió de navidad» (Tronco de Natal)? Na floresta de l'Esquella, poderá descobri-la em família. E não só, mas ao entrar poderá ver como a floresta ganha vida: árvores que se cumprimentam, árvores com mantas, esculturas de madeira com formas humanas e até rostos desenhados em vários troncos, que fazem desta floresta um lugar único que encantará os mais pequenos da casa, bem como os mais velhos. Entre nesta floresta mágica e conheça a verdadeira história do famoso «Tió de navidad» através do cuidado e do respeito pela natureza. Este percurso pode ser feito em 10 minutos – se seguir pela estrada de Coll de Ordino – ou numa hora, se seguir pela floresta de Segudet. A Bosc Viu (Floresta viva) de Ordino aguarda a sua visita.

Aprender com a Rota do Ferro

Para realizar este percurso, deslocamo-nos até Ordino. Conhecido por ser um dos melhores caminhos para fazer com crianças, os mais pequenos irão adquirir conhecimentos sobre a importância que a indústria do ferro teve em Andorra.  A Rota do Ferro – Ruta del Hierro em espanhol – é um itinerário cheio de surpresas. Não só encontrará inúmeras esculturas de «Os Homens de Ferro» ao longo de todo o percurso, como também poderá entrar no mundo fantástico da metalurgia: desde a sua prospeção e extração na mina de Llorts – uma das minas que se conservam no país – até à transformação do mineral em metal, na Farga Rosell: a última Farga (forja) que esteve em funcionamento em Andorra. Nesse local, poderá assistir a uma demonstração de como se trabalhava o ferro. Um percurso cheio de nuances e de conhecimento adequado para todos os públicos!

Lagos de Tristaina

Se procura um passeio para fazer com crianças com um pouco mais de nível, este é sem dúvida o seu: com uma distância de 4,4 km, é um percurso circular que passa pelos três lagos de Tristaina. Classificado como um percurso de nível moderado, a chegada ao primeiro lago é relativamente fácil, enquanto o caminho se torna um pouco mais complicado se quisermos continuar a subida para o segundo e terceiro lagos; razão pela qual é recomendável que as crianças estejam habituadas a fazer caminhadas na montanha. A rota dos Lagos de Tristaina situa-se na freguesia de Ordino, uma zona reconhecida pela UNESCO como Reserva da Biosfera, desde 2020. Durante todo o percurso, poderá observar a natureza no seu maior esplendor, vendo espécies típicas dos habitats alpinos. Dependendo da estação do ano, também poderá ver cavalos a pastar livremente.

Camí de les Pardines e lago de Engolasters

O Camí de les Pardines é um caminho muito largo e plano que tem início na freguesia de Encamp. Mais concretamente, na orla que dá nome ao percurso. Com um percurso de pouco mais de 3 km, seguirá um itinerário onde irá encontrando pequenos jardins botânicos de plantas dos Pirenéus. Além de um túnel, atravessará ainda uma ponte e poderá observar uma queda de água. Como ponto culminante, o percurso termina no bonito lago de Engolasters, uma das maiores atrações turísticas de Andorra. Ao chegar ao lago, também pode fazer o Caminho Hidroelétrico, que revelará a história da produção de eletricidade em Andorra, e se procura uma diversão adicional, a poucos metros, encontra o Bosc Aventura: um parque de aventuras com circuitos aéreos e tirolesas que colocarão as suas capacidades à prova.

À descoberta do vale de Incles

Deixando para trás as fantasias e os seres mágicos, também existem percursos muito acessíveis para fazer com as crianças, como, neste caso, o singular vale de Incles. Nesta ocasião, não só desfrutará de um passeio divertido como também visitará um dos mais bonitos e simbólicos vales do país. Neste sentido, poderá fazer o percurso caminhando pelo vale ou seguindo um dos dois trilhos didáticos «La Vall d’Incles a la Motxilla» (Vale de Incles de Mochila) e «Buscal's» (Procura-os) especialmente concebidos para crianças. Com o «Vall d'Incles a la motxilla», poderão adquirir conhecimentos acerca da natureza que os rodeia, graças a um guia-caderno de aprendizagem. Com o «Buscal's», pode seguir um máximo de seis trilhos diferentes nos quais deverá procurar umas placas que sejam da mesma cor do caminho e do número escolhido, deixando um registo no guia. No fim deste percurso, só terá de se dirigir ao posto de turismo e recolher a sua pequena recompensa!

Rec de l'Obac e Rec del Solà

Estes caminhos contornam a capital pela montanha, são de fácil acesso e perfeitos para fazer em família. Com uma distância de cerca de 2 km, o de Rec de l'Obac é efetuado, como o próprio nome indica, à sombra, pelo que é aconselhável fazê-lo durante a primavera ou o verão. Quanto ao Rec del Solà, é o oposto do anterior, o percurso é feito o tempo todo ao sol, por isso será um passeio agradável em qualquer época do ano. Em ambos os percursos existem bancos para descansar e contemplar confortavelmente a paisagem, assim como fontes. As vistas espetaculares da capital Andorra la Vella e também de Escaldes-Engordany são, sem dúvida, outro dos atrativos destes percursos. De acordo com as normas estabelecidas, é recomendável percorrer os trilhos a partir dos primeiros dias de verão.

Camino del Toll Bullidor: uma escada para a água

Este trilho fica situado na freguesia de Canillo, perto da Basílica Santuário de Nossa Senhora de Meritxell. A caminhada percorre uma área arborizada perfeitamente sinalizada onde existe um miradouro a partir do qual poderá contemplar a vista panorâmica. O percurso continua, sempre com o rumor do rio como som de fundo, até chegar a uma escada em caracol que dá acesso ao miradouro, de onde poderá observar a cascata que cai para o charco que dá nome ao Toll Bullidor. Esta caminhada é adequada para fazer em família, por ser um percurso curto – pouco mais de 800 metros no total – numa área natural e facilmente acessível de carro.

Camí de les Abellettes

Localizado em Pas de la Casa, o Camí de les Abelletes é um percurso ideal para fazer em família. O percurso tem início na base do teleférico de Coll dels Isards, na zona da estância de esqui, continuando ao longo da margem do rio e da pista florestal, no fim da qual o lago de les Abelletes estará à sua espera, conhecido pelos pescadores pela abundância de trutas. Uma das suas peculiaridades é o facto de uma parte da superfície do lago estar em território francês e a outra em território andorrano. Em termos de dificuldade e de duração, este passeio é curto – menos de 1 km – e apresenta um declive suave que permite realizá-lo numa hora. Dada a sua grande facilidade de acesso a partir do núcleo urbano de Pas de la Casa, é um passeio perfeito para fazer no verão.

do em conta estas dez propostas, Andorra oferece várias opções para explorar o mundo fabuloso das caminhadas. Neste link, poderá descobrir estes e muitos outros percursos perfeitos para fazer em família

Faça caminhadas este verão e descubra a parte mais natural de Andorra.