Lagos

LAGOS

A observação de uma paisagem permite-lhe desfrutar do seu charme atual, mas também fazer um exercício de imaginação e uma viagem no tempo para entender que o que vemos é o resultado da passagem do tempo, que inexoravelmente alterou os elementos, transformando-a. Uma das maravilhas naturais que Andorra lhe oferece são os lagos e lagoas de origem glaciar. Existem mais de uma centena de lagos com mais de 1000 m2 e cerca de 200 lagoas com cerca de 500 m2 distribuídos pela geografia do nosso Principado. Descobri-los é descobrir a beleza que oferecem os lugares da alta montanha.

Nestas páginas encontrará uma seleção de itinerários que o levarão até alguns dos mais representativos. Aproveite!

Itinerários de lagos e lagoas

O Llac d'Engolasters é, sem dúvida, o mais acessível do Principado. Localizado em Escaldes-Engordany, com 7 hectares de superfície, é o único dos grandes lagos de Andorra que se encontra abaixo da cota dos 2000m.

O Estanys del Juclà é um dos itinerários imprescindíveis para descobrir espaços naturais emblemáticos, como o Vall d’Incles, imortalizado no poema "Canigó" de M. Cinto Verdaguer, e desde onde se inicia a subida para a primeira lagoa, que tem a honra de ser o maior lago do país (21 hectares).

Os Estanys de Tristaina formam um dos conjuntos de lagos mais emblemáticos do Principado. Em Coma d’Arcalís descobrirá um lugar selvagem da alta montanha. A rota em redor da primeira lagoa, da do meio e da mais acima - como são denominadas - localizadas a mais de 2300m de altura, é um dos itinerários mais conhecidos e acessíveis de Andorra.

Se gosta de desafios um pouco mais exigentes, poderá fazer a descoberta do Cercle de Pessons. Envolvido por uma paisagem rochosa e selvagem, o conjunto de lagos que compõem este círculo é um exemplo muito claro do papel que as glaciações tiveram na sua configuração.

Subir até Estany de les Truites vai-lhe permitir descobrir, em primeira mão, o Parque Natural de Comapedrosa, onde está situado. Toda a exuberância da fauna e flora da alta montanha ao seu alcance. Ao largo da lagoa existe o Refúgio guardado de Comapedrosa, que oferece alojamento e restauração durante a temporada de verão.

O itinerário até ao Estany de la Nou é bastante exigente, mas o esforço vale a pena. Está localizado no Vale Madriu-Perafita-Claror, declarado Património Natural da Humanidade pela UNESCO. Este lago tem uma particularidade que o diferencia da grande maioria dos do país. A temperatura da sua água não é gélida, uma vez que se alimenta das águas freáticas do subsolo. 

Localização e contacto