UM POUCO DE HISTÓRIA...

Penetrar no passado de Andorra é entrar em cheio na sua cultura e nas suas tradições. Vai aperceber-se de que é um país com caráter próprio.

OLHANDO PARA O PASSADO, UM PAÍS DE ORIGEM MEDIEVAL

Com mais de mil anos de história, Andorra tem muito para lhe contar: como se fundou o país ou quem eram os seus soberanos ou os seus habitantes.

Da Pré-história ao período pré-romano, os primeiros habitantes de Andorra estabeleceram-se no país deixando testemunhos da sua presença em Andorra, em zonas como La Balma de La Margineda, El Cedre em Santa Coloma ou El Antiux em Escaldes-Engordany.

Reza a lenda que Carlos Magno fundou Andorra no ano 805 em reconhecimento pela ajuda que lhe prestaram os seus habitantes na luta contra os sarracenos.
Mas o primeiro documento que menciona o país é o ato de consagração da catedral de Santa María de Urgell do ano 839, que refere as freguesias de Andorra como feudos dos condes de Urgell.
Passados anos de intensas lutas entre os condes vizinhos e a Igreja para conseguir a soberania sobre Andorra, a assinatura de dois tratados denominados Pareatges põe um ponto final às hostilidades. Foram assinados em 1278 e 1288 pelo Arcebispo de Urgell, Pere d'Urg, e o conde de Foix, Roger Bernat III. Assim, os Pareatges estabeleciam a soberania partilhada dos dois senhores sobre o território, e deste modo, nascia o Principado de Andorra.
Com o passar da história, a figura de Copríncipe de Andorra passa do condado de Foix para a coroa de França, e com a república, a cargo de Presidente da nação. Enquanto pelo lado episcopal, permanece ao longo dos séculos na figura do Arcebispo de Urgell.

ANDORRA HOJE EM DIA

SABIA QUE...? ALGUMAS CURIOSIDADES SOBRE O MAPA POLÍTICO DE ANDORRA

Os dados que nos apresentam como um país especial não terminam aqui. Contamos-lhe aqui algumas curiosidades que não imaginava sobre a história e o atual mapa político de Andorra:

Sabia que... Andorra é um dos poucos países do mundo com dois chefes de Estado? São o arcebispo de Urgell e o presidente da República Francesa, denominados «Copríncipes».

Sabia que... o Conselho Geral é considerado um dos Parlamentos mais antigos da Europa? Tem as suas origens no Conselho da Terra, constituído em 1419 para resolver os problemas dos andorranos. A sua sede esteve durante mais de três séculos (desde o século XVIII até ao ano 2011) na Casa de la Vall, em Andorra-a-Velha. Atualmente, é possível visitá-la através de visitas turísticas.

Sabia que... o Parlamento de Andorra tem 28 membros chamados Consellers e Consellers Generals? O Consell General de Andorra exerce o poder legislativo no Principado e consta apenas de uma câmara única, que é formada com uma dupla representação, a nacional e a territorial. Os seus membros elegem-se por sufrágio universal por um período de 4 anos.

Sabia que... Andorra entrou na ONU em 1993 e isso representou o seu reconhecimento oficial a nível internacional?

Sabia que... Andorra-a-Velha é a capital mais elevada da Europa? Está situada a 1023 metros de altitude.

AS FREGUESIAS E OS "COMUNS"

Apesar de se estender por um território bastante mais pequeno do que a maioria dos Estados, o mapa político de Andorra está configurado em sete divisões administrativas, conhecidas como freguesias. São Canillo, Encamp, Ordino, La Massana, Sant Julià de Lòria, Escaldes-Engordany e Andorra-a-Velha, onde se situa a capital. Cada freguesia tem o seu próprio cônsul e sede administrativa ou Comú.

DIVISÃO ADMINISTRATIVA

Apesar de o país só ter 7 freguesias com muito pouca distância entre elas, com certeza o tempo não lhe vai ser suficiente para visitar tudo.