Museu da Motocicleta

MUSEU DA MOTA DE ANDORRA

Museu da mota de andorra

O Museu da Mota de Andorra é um lugar mágico onde, em 654 metros quadrados, se concentram décadas de história em forma de fascinantes motocicletas. Por isso, este espaço é uma visita obrigatória para todos os amantes do motor e para qualquer pessoa curiosa em geral. Encontra-se em Canillo, numa sala situada debaixo do estacionamento da igreja de Sant Joan de Caselles, a poucos metros de distância. Nesta página poderá ficar a saber o que mais se destaca no museu, que o transforma numa concentração única de motocicletas.

Um Museu onde se respira história

No Museu da Mota de Andorra respira-se história… e um certo aroma a gasolina que qualquer aficionado ao motor saberá notar. Os modelos que aqui se exibem e o material fotográfico que os acompanha transportam o visitante para o século XX: desde os primeiros anos, quando este veículo ainda estava a abrir caminho na sociedade, até às últimas décadas, quando os avanços tecnológicos e as tendências modernas de design mudaram profundamente o seu aspeto e as suas prestações.

Coleção do Museu da Mota de Andorra

O Museu expõe dezenas de modelos de diferentes marcas e épocas,- fabricadas entre 1896, a mais antiga, e 2013 a mais recente -, provenientes de muitos países, assim como reproduções em miniatura e outros pequenos objetos relacionados com o mundo das duas rodas. Um dos modelos mais antigos expostos nesta espetacular sala é a Française-Diamant, um modelo de 1900 proveniente de França e com um motor de 1 cm3, ainda de aspeto bastante rudimentar. Depois de ligar a caldeira, o pistão precisava de 30 minutos para poder funcionar. É a única conhecida deste tipo. Uma Cleveland de 1915 de estilo muito desportivo e sofisticado leva-nos aos Estados Unidos. E é na década seguinte que começamos a conhecer modelos de cilindrada muito maior, como a BMW R42 de 500 cm3. Um dos modelos mais surpreendentes é a Majestic Motormobile, francesa do ano 1930 e com uma estética tão pessoal que não encontra comparação no resto do mundo. Obviamente não podiam faltar as Vespa, de Itália: no museu expõe-se um modelo de 1952 e 125 cm3, entre muitos outros. Modelos de Bultaco e Montesa, dos anos 60, são dignos representantes da indústria espanhola, algumas delas utilizadas para competição de alto nível. Do ano 1974 data uma espetacular Harley Davidson, proveniente dos Estados Unidos e com uma cilindrada de 1200 cm3. E a coleção termina nos anos 80 e 90, onde os modelos racing e off-road acrescentam maior variedade a esta rica coleção: entre eles encontra a Ducati SBK ou as KTM de Raid com as quais Cyril Despres treinava antes de participar nos Paris-Dakar em que se sagrava vencedor!

Mas isto é apenas uma breve revisão da coleção. Pode continuar a descobrir modelos nesta visita virtual do Google Maps.

Visitas ao museu

A capacidade do museu está limitada a 150 pessoas. É possível visitá-lo de forma individual ou em grupo, mediante visita guiada de 45 minutos aproximadamente, em quatro línguas diferentes: catalão, francês, espanhol e inglês. O Museu da Mota de Andorra adere ao cartão Andorra PassMuseu, permitindo um desconto de 50% na entrada. Este museu está preparado para receber pessoas com mobilidade reduzida. 

Localização e contacto

Ctra. General 1, s/n
Canillo

(+376) 853 444

museudelamoto@canillo.ad http://www.m2r.ad

Transferíveis

Guia de Cultura