Basílica Santuário de Meritxell

BASÍLICA SANTUÁRIO DE MERITXELL

A Basílica Santuário de Meritxell é o templo religioso mais importante de Andorra. Mas além da sua importância espiritual, este lugar de culto da freguesia de Canillo apresenta outras razões para o visitarmos, principalmente do ponto de vista artístico e paisagístico. A festa de Nostra Senyora de Meritxell, padroeira dos Vales de Andorra é comemorada o dia 8 de Setembro, festa das virgens encontradas nos Países catalães.

Um lugar carregado de simbolismo

O complexo religioso de Meritxell, em Andorra, é um lugar cheio de simbolismo para os habitantes do Principado. De facto, alberga a imagem da Virgem de Meritxell, padroeira do país. Trata-se de uma talha policromada que faz lembrar a original românica, destruída no incêndio de 1972. Além disso, a Basílica alberga outras talhas de santos de Andorra, padroeiros do resto das freguesias do país: Sant Serni de Canillo, Santa Eulalia de Encamp, Sant Corneli de Ordino, Sant Iscle de La Massana, Sant Esteve de Andorra la Vella, Sant Pere Màrtir de Escaldes-Engordany, y Sant Julià y Sant Germà de Sant Julià  de Sant Julià de Lòria. Sendo todas elas obras do escultor andorrano Sergi Mas.

Esta importância valeu ao templo o título de Basílica Menor, outorgado pelo Papa Francisco em 2014, convertendo-se assim no único lugar de culto com esta distinção no Principado. A partir desse momento, Meritxell faz parte da chamada Rota Mariana, que percorre outros quatro importantes santuários em Espanha e França: o do Pilar, o de Montserrat, o de Torreciudad e o de Lourdes. Foi por esse motivo que este templo se transformou também num pólo de atração para visitantes movidos pela fé e a espiritualidade.

Uma construção moderna com muita personalidade

Conforme já foi referido, o Santuário de Meritxell sofreu um terrível incêndio em 8 de setembro de 1972. Além da destruição da talha e de outros objetos de valor depositados no seu interior, o santuário ficou praticamente arrasado. Já não resta quase nada do templo original, mas em troca podemos admirar atualmente uma das obras mais interessantes do prestigiado arquiteto espanhol Ricardo Bofill. O resultado é, nas palavras do próprio, uma “recriação do românico”, estilo que esteve nas origens desta igreja e que deixou uma grande marca no Principado.

O antigo santuário foi reabilitado, dando lugar a uma sala de exposições: Meritxell Memoria. Nela, encontra-se em exposição permanente toda a história e culto de Meritxell, nossa padroeira.

O resultado final é uma obra de estilo muito pessoal. Nela destaca-se o claustro aberto, caracterizado pelas arcadas a descoberto, e a sala dos milagres. A utilização da ardósia faz a ligação da nova Basílica com o ambiente e com a tradição de Andorra. Ricardo Bofill quis também dar uma nota de contraste com uma luminosa cor branca, que simboliza a neve, habitual nestas paragens durante o inverno. A utilização desta combinação de cores faz lembrar a arquitetura própria do renascimento italiano.

Na construção do campanário de grandes dimensões e da torre de planta, assim como na edificação do claustro adossado e da cobertura em cruzaria, podemos observar que Ricardo Bofill se inspirou no românico catalão.

Outras das peculiaridades deste santuário são as suas aberturas que permitem a entrada de muita luz e uma fonte de água situada no centro do claustro; ambas estas caraterísticas permitem reconhecer a arte islâmica na construção.

Apesar de todo o seu esplendor exterior, importa destacar que o seu interior é completamente austero, sem nenhum tipo de ornamento nem adorno, para além dos vitrais da igreja, onde descobrimos o significado do nome de Meritxell.

O Santuário de Meritxell, num ambiente privilegiado

Outro dos encantos da Basílica Santuário de Meritxell é a sua localização privilegiada num vale estreito da freguesia de Canillo. Com branco puro no inverno e verde intenso no resto do ano, a localização deste templo contribui para dar solenidade e paz ao complexo arquitetónico.

Para chegar até este ponto de interesse, podemos ir de carro ou no Autocarro Turístico de Andorra número 1, que funciona de junho a setembro e que percorre outros interessantes monumentos de Canillo, como a igreja de Sant Joan de Caselles ou a de Sant Joan d’Encamp. O santuário organiza visitas guiadas durante os meses de maio a outubro (a pedido na época baixa). Tem também livre acesso ao itinerário da natureza até aos oratórios de Meritxell e à localidade de Prats.

Por todas estas razões, a Basílica Santuário de Meritxell será uma paragem obrigatória para os turistas interessados na cultura e nas tradições de Andorra. Entrada gratuita.

Para informação pormenorizada sobre o monumento e as suas tarifas e horários, ver o Guia de Cultura no formato PDF.

Localização e contacto

Meritxell
Meritxell

(+376) 851 253 & 726 109

santuari.meritxell@gmail.com http://www.santuaridemeritxell.com

Transferíveis

Rota Mariana